CPI da Espionagem ouve Presidente da CSABR e ex-secretário de Segurança do RJ Arrow to Content

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Espionagem realizará audiência pública na terça-feira (22) para ouvir o ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Marcelo Itagiba e o pós-doutor em Segurança da Informação e presidente da Cloud Security Alliance Brasil, Paulo Sérgio Pagliusi. O objetivo da CPI é investigar ações de espionagem dos Estados Unidos no Brasil.

Já foram ouvidos pela CPI a presidente da Petrobrás, Maria das Graças Foster, que falou aos senadores sobre a posição da empresa diante das denúncias de que o governo norte-americano teria monitorado informações estratégicas da petrolífera brasileira, e o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, que divulgou as informações sobre espíonagem dos Estados Unidos, que lhe foram fornecidas por um ex-funcionário da agência nacional de segurança daquele país.

Glenn Greenwald afirmou à comissão que os principais objetivos da espionagem dos Estados Unidos em outras nações é ampliar seu poder no mundo e obter vantagens econômicas para seu governo e suas empresas.

A CPI da Espionagem foi instalada no dia 3 de setembro após terem sidos divulgadas denúncias sobre ações de espionagem dos Estados Unidos no Brasil, tendo por alvo governos, empresas e cidadãos brasileiros.

Composta de 11 senadores titulares e sete suplentes, a comissão é presidida pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e tem como vice-presidente o senador Pedro Taques (PDT-MT). O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) é o relator da CPI.

Diretoria de Comunicação e Mídias Digitais

Fonte: Agência Senado Federal

Page Dividing Line